Complicações em Longo Prazo do Diabetes Felino

As complicações em longo prazo do diabetes felino são resultados de hiperglicemia prolongada

Devido ao seu ciclo de vida mais curto, os gatos diabéticos parecem desenvolver menos complicações em longo prazo do que os humanos diabéticos. A obtenção da melhor regulação ajuda a evitar as complicações de longo prazo do diabetes mellitus.

Neuropatia diabética

Neuropatia é ocasionalmente observada no diabetes felino.

A patogênese da neuropatia diabética permanece desconhecida e é provavelmente multifatorial (incluindo hiperglicemia persistente e o resultante dano metabólico aos nervos).

Tratamento
Não há tratamento específico. O prognóstico é cauteloso, mas solução parcial ou total dos sinais clínicos tem sido reportada após regulação das concentrações de glicose no sangue com insulina.

Nefropatia diabética

Uma complicação muito grave do diabetes mellitus que pode ser observada em gatos. Os sinais clínicos são aqueles de insuficiência renal.

Catarata diabética

Cataratas são mais comumente vistas no diabetes canino do que no diabetes felino.

Para mais informações consulte Catarata diabética em cães.

Complicações do diabetes felino

Sinais clínicos da neuropatia

  • Extremamente variável
  • Pode ser subclínica, aguda ou crônica
  • Fraqueza e definhamento do membro traseiro são normalmente observados
  • Gatos podem andar em seus jarretes (postura plantígrada)
  • Aparecimento súbito de fraqueza, paraparesia progressiva, déficits proprioceptivos, atrofia muscular e depressão de reflexos medulares também podem ser observados