Manutenção de Gatos Diabéticos Estabilizados

Terapia para que um paciente diabético possa ser considerado bem sucedido é quando os sinais clínicos do diabetes mellitus melhoram significativamente.

Verificações de rotina

Após o animal ter se estabilizado com sucesso, devem ser realizadas verificações de rotina a cada 3-6 meses.

Monitoramento e controle cuidadoso durante a manutenção ajudará a limitar os problemas crônicos associados ao diabetes.

Concentrações de glicose sanguínea

O objetivo da terapia é abolir os sinais clínicos para não produzir uma série de concentrações de glicose sanguínea que esteja dentro do intervalo de referência. Um exemplo de gato diabético estável é aquele que apresenta uma variação da glicose sanguínea de 5-14 mmol/L (90-252 mg/dL) na maior parte de cada período de 24 horas.

Curvas glicêmicas ideais

blood glucose curve mmol

Glicose sanguínea medida em mmol/L
Clique no ícone para a imagem completa:

blood glucose curve mg/dl

Glicose sanguínea medida em mg/dL
Clique no ícone para a imagem completa:

Consulte curvas glicêmicas para detalhes sobre como fazer uma curva de glicose.

Mais informações

Leia mais sobre alterações nas necessidades de insulina e monitoramento de um gato diabético durante a fase de manutenção.

Manutenção de Gatos Diabéticos

A meta é abolir os sinais clínicos e ter uma curva glicêmica que se aproxime do intervalo de referência, mas evita hipoglicemia potencialmente fatal