Estabilização de Gato Diabético

Como há variação individual na resposta à insulina, é realizado um estudo inicial ou período de estabilização. Normalmente, este período de estabilização é de 3-6 meses.

Deve ser iniciada uma terapia específica para minimizar complicações junto com a terapia insulínica. Quando o gato estiver estável, o tratamento pode continuar como para o diabetes não complicado.

Diabetes mellitus não complicado

Dois tipos de gatos diabéticos podem ser categorizados como não complicados. Gatos apresentados ao médico veterinário após seu proprietário ter notado o aparecimento dos sinais clínicos com deterioração geral. Normalmente, estes casos não são emergências, porém, tratamento imediato, diligente, evitará o desenvolvimento de complicações.

Gatos que após apresentação inicial com cetoacidose diabética ou infecção do trato urinário e tratamento bem sucedido, normalmente são estáveis.

Para mais informações consulte:

Estabilização de gato diabético

Gatos com diabetes mellitus podem apresentar complicações